Saturday, February 09, 2008

" Pérolas"


'Pérolas'

Elos de pérolas reluzentes
São entes queridos das donzelas
Às quais segredam suas cortejadas peripécias
De cortesãos cavalheiros
As suas conchas são recipientes de néctares
Em que banham de odores suas delicadas peles
Com elas brincam jogos de escondidas
Nos desígnios do enlevo dos seus sonhos
Nas recolhidas preces
De seus íntimos desejos
Qual rosário de contas
De prenhes pedidos de neófitos rebentos

Saudaões Poéticas
João Coelho da Rocha

2 comments:

Miguel Bettencourt said...

Que imagem... e que palavras!
Abraço.

Doushura said...

I read this article
here